Petição Toda a Vida Tem Dignidade – Discussão na Assembleia da República

  • by

Comunicado de Imprensa

Amanhã, quarta-feira, 29 de Janeiro, no plenário da Assembleia da República será finalmente discutida, dois anos depois da sua entrega, a petição Toda a Vida tem Dignidade, na presença de alguns dos seus subscritores e mandatários, entre os quais o médico António Gentil Martins, os juristas Fernando Soares Loja (membro da Comissão da Liberdade Religiosa em representação das igrejas evangélicas de Portugal) e Luís Brito Correia (Advogado) e António Pinheiro Torres, vice-presidente da Federação Portuguesa pela Vida. Também integrará esta delegação que assistirá aos trabalhos, o jurista José Maria Seabra Duque, porta-voz da petição e coordenador-geral da Caminhada pela Vida.

Esta petição, promovida pela Federação Portuguesa pela Vida, subscrita por 14.196 cidadãos, pedia aos senhores deputados que:

– rejeitassem a legalização da eutanásia;

– legislassem no sentido de proteger a Vida Humana em qualquer circunstância;

– promovessem uma política de apoio e inclusão dos idosos e incapacitados;

– fossem reforçados os cuidados paliativos e continuados.

Federação Portuguesa pela Vida, assim como os primeiros subscritores da petição (entre os quais se encontram Fernando Santos, Henrique Leitão, Maria Cavaco Silva e Manuela Ferreira Leite, entre outros) congratulando-se com a ocasião deste debate parlamentar, que terá lugar sete meses depois da discussão dos projectos de lei a favor da eutanásia, constatam com satisfação que foi na altura atendido o seu pedido de rejeição dessas propostas, bem como recentemente também os cuidados de fim de vida foram objecto da atenção legislativa.

Para amanhã, os mandatários  aguardam com esperança um debate proveitoso que permita, de facto, abrir caminho para uma sociedade onde toda a vida, sobretudo, as dos mais idosos e doentes, seja tratada com dignidade.

 

Lisboa, 29 de Janeiro de 2019

Contactos:

José Maria Seabra Duque – 91 879 70 07